Corpo definido treinando em casa – depoimento da Tabatha Binelli

Você usa a idade como desculpa para não ter um corpo definido e não conseguir se livrar da flacidez?  Aceita uma barriguinha incômoda só porque passou dos 40 anos? Hoje é o dia que você deixará esta ideia para trás. Depois de ler este depoimento, não vai mais dar para usar esta justificativa!

DICAS PARA CONQUISTAR UM CORPO DEFINIDO TREINANDO EM CASA

A Tabatha Bineli, aluna programa MuscleUp® EC, é dona de um corpaço de cair o queixo no auge dos seus 43 anos. Enfermeira, casada e mãe de um casal de filhos, de 20 e 22 anos.

Ela conseguiu encontrar tempo para se cuidar e deixar o corpo em cima mesmo tendo de passar pelos desafios da vida de mãe que trabalha, vencendo todas as dificuldades que muitas de nós mulheres sabemos que nos assombram após os 40 também.  Nós vamos passar para você alguns dos segredos que a ajudaram a conquistar a boa forma, perder 11 quilos e deixar e corpo definido.

Leia este texto até o final e descubra o que funcionou para a Tabatha e pode funcionar para você. Abordaremos:

– Truques de alimentação da Tabatha

– Como desinchar e diminuir a celulite

– Como ganhar um corpo definido treinando em casa

– Dicas da Tabatha para evitar o efeito sanfona

Agora vamos conhecer as dicas que a Tabatha separou para nós ?

EMAGRECER COM SAÚDE

Vamos voltar um pouco no tempo primeiro e conhecer o caminho que a Tabatha percorreu para chegar nestas curvas de hoje, Tabatha precisou primeiro perder uns (vários) quilinhos que foi acumulando ao longo de um período de descuido.

Engordei, e agora?

Às vezes, engordar acontece de forma tão progressiva que não nos impressionamos com as novas formas que o nosso corpo vai adquirindo. Mas basta uma foto, uma roupa que passa a não entrar mais, um comentário… e, pronto! Parece que, de repente, cai a ficha e nos damos conta que de pouquinho em pouquinho, o corpo de antes ficou lá no passado e as curvas de agora são outras.

“ Ninguém come um pãozinho hoje, sobe na balança e já está com 10 quilos a mais, não. Isso acontece ao longo do tempo.”

Tabatha sempre usou manequim 38. Com o ganho de peso, subiu para o 40, depois para o 42. E de pãozinho em pãozinho… Certo dia, saiu para comprar uma calça jeans, da mesma marca e modelo de costume e se deu conta que teria de levar o 44. Foi o suficiente para que ela encarasse os fatos: havia engordado bastante. E tem mais, a Tabatha percebeu que, se não começasse a se exercitar, continuaria engordando nesse mesmo ritmo.

Usar manequim 38 não é obrigatório para a Tabatha e nem para ninguém. Ter uma vida ativa e um corpo definido e saudável com o qual você se sinta bem é o que realmente importa. Independente das mudanças estéticas, Tabatha, que é profissional da área de saúde, sabia muito bem que não se exercitar e ficar assim parada era uma opção equivocada em muitos aspectos. Além disso, neste momento, seu corpo estava sendo fonte de insatisfação e angústia. Era hora de refletir e agir!

Ela havia engordado 14 quilos no total. E isso não aconteceu por conta de um problema de saúde ou algum desequilíbrio hormonal. Foi a boa e velha dupla: preguiça e tranqueiras! Sua vida era corrida: trabalho, faculdade, casa, filhos… Optava pelas comidas mais práticas, mesmo que fossem pobres em valores nutricionais. Assim, foi escalando dos 55 kg aos 69 kg, distribuídos nos seus 1m65.

resultados de treino em casa

EMAGRECER TREINANDO EM CASA

Numa busca insana por uma solução, na internet, Tabatha descobriu a EC.

Começou sua experiência de treinar em casa com as aulas de Aerohiit da Profa. Lira Bueno. Cheias de ritmo, passos coreografados e pra lá de animadas, essas aulas a deixaram bem motivada para começar a missão “de volta ao manequim 38”. E o melhor: conseguia queimar muitas calorias com apenas 20 minutos de treino na sua sala de estar!

Assim como para muitos dos nossos alunos e alunas, a primeira meta da Tabatha foi o emagrecimento. Apesar de gostar de fazer exercícios, ela já estava há cerca de seis anos sedentária.

“Quando comecei a fazer Exercício em Casa eu ficava muito cansada, até mesmo com as aulas para iniciante… Não aguentava chegar até o final. Precisava parar no meio da aula muitas vezes e depois continuava.”

Adaptar o corpo a uma rotina ativa é assim mesmo! Tabatha começou treinando apenas uma ou duas vezes por semana. Aos poucos, já foi sentindo o corpo entrar no ritmo. Mas, resultado pra valer, ela começou a ver quando iniciou sua rotina de treino como assinante.

Foram 11 quilos embora!

Além do excesso de peso, o desânimo, cansaço e as dores nas articulações também foram se despedindo… Adeus às batas largas que a Tabatha colecionava no guarda-roupas!

“Eu realmente vejo os resultados em mim! Mas não foi de um dia pro outro. Nos 4 primeiros meses eu emagreci 11 quilos. O primeiro mês foi muito difícil, mas eu não pensei em desistir porque era um investimento na minha saúde, eu sabia que era assim mesmo. Quando percebi a mudança, pensei: Meu Deus! Era só falta de atividade física!”

HÁBITOS QUE TURBINAM OS RESULTADOS

Para conseguir esse resultado tão incrível, Tabatha precisou ficar de olho na alimentação. Caso contrário, poderia ter colocado todo o seu esforço a perder. Quem sua o top, sabe que cada gota conta!

O que comer e o que evitar?

Tabatha cortou os embutidos (salsichas, presunto, mortadela) e bebidas açucaradas. Refrigerantes ela já não consumia (ufa, menos um desafio!) e tampouco carne vermelha. Como é intolerante a lactose, já está acostumada a viver sem os lácteos. Introduziu mais frutas no seu dia a dia, que confessa, não tinha mesmo o hábito de comer.

“Precisa ter uma alimentação adequada e equilibrada para manter a forma. Sempre digo que nenhum alimento tem o poder de engordar ou emagrecer, mas sim quantidade que colocamos no prato, exagero nunca é bom. Uma barriga se constrói na cozinha, se não tiver uma alimentação balanceada, não terá resultados positivos.”

Diminuir o açúcar foi a parte mais difícil para Tabatha. No passado, comer uma barra inteira de chocolate era algo que ela poderia fazer tranquilamente. Hoje come um docinho de vez em quando. Aprendeu a ser mais disciplinada e se satisfaz com 3 ou 4 quadradinhos de chocolate meio amargo, por exemplo, e basta.

Ela também não abre mão de comer pizza aos finais de semana! E nem precisa. Mas, claro, tem moderação: uma ou duas fatias já são suficientes. Aprendeu a não abusar. Assim, não se priva de estar com a família em festas e passeios. Alimentação equilibrada, sem drama e nem complicações.

“Não fico me culpando se caso eu abusar de algum alimento ou coma docinhos num aniversário, por exemplo, eu não me privo de momentos em família.”

Com a orientação de uma profissional Nutricionista, Tabatha complementa sua alimentação com shakes de proteína, pois não consegue alcançar a quantidade adequada só com alimentação.

E se escorregar? No dia seguinte volta a rotina, come com equilíbrio e capricha na hidratação. Sem neura.   

CELULITE E INCHAÇO? CORTE O MAU PELA RAIZ

Olha essa dica! Tabatha conta que beber muita água ajudou muito! Ela toma em média de 2 a 3 litros de água por dia e com isso melhorou a retenção de líquido. Cortando alguns alimentos daqui e incluindo outros dali, ela foi construindo hábitos muito melhores!

Beber água em abundância melhora a circulação e ajuda a limpar o organismo das toxinas. Tabatha conta que suas celulites praticamente sumiram!

Fase 2, pronta para mais um desafio!

Claro que toda esta mudança foi ao mesmo tempo muito desafiadora e gratificante. Mas a vida é assim: conforme vamos nos desenvolvendo, ficamos mais preparados para assumir  desafios ainda mais complexos! Qual seria a graça se não fosse assim?

Agora que Tabatha conseguiu se livrar dos quilos a mais, era hora de evoluir. Sua nova meta? Deixar o corpo todo firme e com contornos bem desenhados.

“Emagrecer eu não quero mais. Já atingi meu peso. Tenho 1,65m de altura, pesando entre 54,8 kg e 55 kg e mantenho essa margem há 2 anos. Preciso ganhar massa magra que é muito difícil manter.”

O que acontece no corpo que treina?  

Vamos entender as mudanças que aconteceram no corpo de Tabatha até aqui. Assim fica mais fácil entender o que está por vir.

No primeiro e no segundo mês de exercício ocorre uma adaptação do corpo à atividade. É neste período que são comuns aquelas dores após os exercícios, sabe? O sistema cardiovascular vai se adaptando ao esforço e o corpo ganha, pouco a pouco, mais força, resistência e flexibilidade.

A partir dos 3 meses de exercícios regulares, pode-se observar uma boa diminuição da camada de gordura sob a pele. Neste período, começa a fica mais fácil tonificar, o que vai sendo conquistado paulatinamente.

treino em casa

COMO GANHAR MASSA MAGRA TREINANDO EM CASA

Primeiro é importante esclarecer que é perfeitamente possível ganhar músculos treinando em casa. O próprio peso do corpo e alguns materiais super simples dão conta (e muito bem!) de oferecer a resistência necessária aos músculos. Cargas pesadas na academia são uma opção, mas não a única. E treinar em casa tem muitas vantagens…

Vida louca, corrida agitada… É o seu caso? A EC veio justamente atender a esta necessidade de tantas mulheres e homens que trabalham, cuidam da casa, dos filhos, estudam, saem, namoram, passeiam… Com 30 a 40 minutos por dia é possível conseguir resultados incríveis! Mas para isso, uma rotina de treino bem planejada é fundamental.

Tabatha sentiu na pele a diferença que faz ter um programa elaborado por Educadores Físicos. Construir músculos não é tão simples assim… Os treinos devem ser escolhidos com critério, alternando os tipos e intensidades de estímulos permitindo que o corpo se adapte sem estagnar. Para tonificar, é preciso desafiar o corpo constantemente! E, desta forma, construir os músculos, literalmente, tijolinho por tijolinho…

Com o programa de treino MuscleUp®, específico para esta finalidade, Tabatha vem progredindo muito! Para turbinar ainda mais seus resultados, optou por associar as aulas de sua rotina com o ToneBand® que utiliza um acessório (faixas elásticas) para acionar grupos musculares mais difíceis de atingir com os exercícios tradicionais. Sabe aquelas regiões como a “bananinha do bumbum”, o “tchauzinho” do braço e o interno de coxas (só para dar alguns exemplos)? As faixas conseguem oferecer estímulos a essas regiões específicas do corpo que a maioria das pessoas sente dificuldade em tonificar. 

“Perdi muito peso e o MuscleUp me ajudou a não ficar flácida e melhorar minha forma física.”

Atenção! Se você também está nesta jornada, saiba que, apesar de ser progressivo, o ganho de massa magra pode ser notado muito antes do que você imagina! Com as alterações na composição corporal, não demora a mudar o caimento das roupas, por exemplo. Mesmo que o ponteiro da balança permaneça no mesmíssimo lugar… Lógico que, uma barriga trincada não aparecer da noite para o dia, é uma construção longa e gradual.

Estabelecer indicadores de evolução é muito importante para manter a motivação. Diferentemente do processo de emagrecimento, ganhar massa precisa de marcadores para além do peso. Veja só como a Tabatha mede seus resultados.

Medidas

Quadril: de 103 cm para 98 cm (e o bumbum bem mais empinado!)

Cintura: de 77 cm para 65 cm

Peitoral: de 83 cm para 80 cm

Coxa: de 70 cm para 60 cm (com mais definição e rigidez)

Braço: de 34 cm para 30 cm (sem o tchauzinho balançar!)

Percentual de gordura

Passou de 28% para 13%. Merece uma salva de palmas!!!

MANTENHA O EFEITO SANFONA BEM LONGE

Quem passa como a Tabatha por um processo de emagrecimento, precisa ter em mente que ganhar massa magra não é meramente uma questão estética. Quando a proporção da sua composição corporal muda, diminuindo o percentual de gordura, naturalmente a sua taxa basal aumenta.

O que isso quer dizer? Se, dois indivíduos tem o mesmo peso e altura, aquele que tem mais músculos vai precisar de mais energia para manter as suas funções básicas como respiração, circulação, digestão, cognição, movimentação etc. Isso acontece porque o tecido muscular, mesmo em repouso, consome mais energia do que a gordura. Logo, quanto mais massa magra, mais fácil manter o peso e não recair no indesejável efeito sanfona.

Olha só, se não é mais um motivo para você dar atenção à tonificação do seus músculos.

Agradecemos demais à Tabatha por este banho de inspiração! E você? Já tem seu antes e depois para compartilhar com a gente?

Corpo definido treinando em casa – depoimento da Tabatha Binelli

4 Comentários

  • Mirela
    Resposta

    é assim mesmo, eu comecei pesando 74 fiz dois meses de exercício e perdi 9 kilos, tive que mudar de estado e afetou toda minha rotina, ficando um mês e meio sem exercícios, mais continuei na alimentação, agora estou com 62 kilos, a meta ainda é chegar aos 50 kilos porque sou bem baixinha 1,50 de altura rsrsrs Voltei a primeira fase firme e forte… Alimentação + Exercício

  • Jane
    Resposta

    Eu também estou bem devagar no e.avrecimento por causa da alimentação, mas cada dia que passa me conscientizo que exercícios tem que combinar com a alimentação. E estou cada dia melhor, já estou conseguindo controlar guloseimas e quero chegar nos meus 43 anos igual a Thabata, linda e maravilhosa graças ao EC😘

  • cristiane
    Resposta

    isso mesmo… mas 4 meses perder 11 kg foi muita determinação!!. Eu faço EC mas estou perdendo gradativamente. E percebi que a alimentação é fundamental. Comecei tendo que eliminar 8 kilos. Eliminei 2… e agora batalhar para eliminar de vez da minha vida mais 6 kg.

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>