6 Erros que você comete ao se exercitar e não sabia

Você já tomou a decisão de emagrecer com saúde, então tem suado a camisa nos treinos dia após dia com todo o pique do mundo, mas não consegue ver diferenças significativas no espelho? Já está pensando em recorrer a atalhos perigosos? Remédios, aceleradores de metabolismo, plásticas ou até uma cirurgia bariátrica?

Calma, se você me der uma chance eu quero te ensinar alguns truques para que você possa emagrecer de um jeito saudável. E tem mais, se você seguir as minhas dicas, você poderá inclusive se exercitar dentro de casa com apenas alguns minutos por dia…

Quer uma dica nossa para conseguir transformar todo este seu suor e vontade em resultados de verdade? Pois então vamos falar um pouquinho sobre a diferença que faz um planejamento de treino! Nesse artigo eu quero te provar a diferença ENORME que o planejamento pode fazer pelo seu corpo quando estamos falando de exercícios e resultados sólidos e evitar que você cometa os principais erros de quem quer emagrecer se exercitando.

Principais erros que você comete ao se exercitar

1 – Indo com muita sede ao pote…

Geralmente pensamos assim: se eu treinar forte, bem forte todos os dias, vou conseguir emagrecer. Só que, na prática, muitas vezes não funciona assim, não é mesmo? Acabamos começando com todo o pique do mundo os primeiros dias e depois logo falta energia, vem o cansaço, as dores…

Aqui que entra o planejamento de treino, ele vai evitar que você treine todo o dia com a máxima intensidade e gaste toda a sua energia logo nos primeiros dias. Um treinamento bem planejado vai te desafiar e tirar o seu máximo nos dias certos e depois te ajudar a se recuperar para voltar a se desafiar novamente. Esse ciclo virtuoso vai fazer com que você obtenha resultados muito mais rápido do que quem gosta de “treinar até desmaiar” todos os dias.

Se você ainda está achando confuso esse tal “planejamento de treino” eu vou trazer a nossa personal trainer Dani Dias pra te explicar rapidinho o que ele significa na prática:

“Planejar um treino significa organizar uma agenda de treinos levando em consideração um intervalo de tempo, pode ser uma semana, um mês ou um ano. E dentro desse tempo, vamos fazer com que você obtenha o melhor desempenho possível. O objetivo do planejamento de treino, no final das contas, é desenvolver cada vez mais a capacidade física de quem pratica esportes ou treina para manter a forma.” Prof. Dani Dias

Nós, os professores de educação física, chamamos esse planejamento de periodização de treino. Nós estudamos anos para saber como usar isso a seu favor. Inclusive, os atletas utilizam esse método no treinamento deles. Isso tudo é para dizer que você pode ter o melhor que a prática de exercícios tem a oferecer!

2 – Variar os treinos demais, ou de menos…

Quando começamos a treinar, uma das coisas que mais nos incentiva é ver resultados rapidamente, o que costuma acontecer com bastante frequência no início de um treinamento. Isso acontece porque seu corpo não estava acostumado a receber quase nenhum estímulo de exercícios físicos, logo a reação é intensa e rápida. No início de um programa de treino, o corpo sente que precisa se adaptar imediatamente e faz você perder gordura ou ganhar massa muscular (vai depender do tipo de treino que você está fazendo) bem depressa. O desafio vem após essa fase inicial, quando o corpo se adapta ao exercício e para de reagir ao treino com a mesma velocidade, causando o famoso efeito platô.

Mas não se assuste, isso acontece com quase todo mundo que começa a treinar sem ajuda de um profissional e sem o…..planejamento de treino. Se você variar os treinos demais, seu corpo não terá a oportunidade de se adaptar e evoluir ; por outro lado se você variar muito pouco os treinos seu corpo vai estagnar e parar de evoluir. Complicado né? É ai que entra o trabalho de um planejamento de treino feito por quem já passou por isso, estudou estes efeitos e sabe como dribla-los.

Se você estiver treinando em casa poderá contar com nossa ajuda para fazer este planejamento pra você. Se você quiser conhecer o nosso planejamento de treino para quem quer emagrecer, clique aqui.

Se você ainda não entendeu bem o que é o tal do efeito platô eu chamo a prof. Dani Dias pra nos ajuda denovo:

“Efeito platô é quando você chega a um ponto no treino em que sente que sua evolução parou. Isso pode significar que você não está mais perdendo peso na mesma velocidade ou então que seu ganho de massa magra estacionou.  O efeito platô geralmente acontece após alguns meses de treino como resultado da adaptação do nosso corpo ao exercício. A única maneira de evitar o efeito platô de modo efetivo é ter um treinamento organizado e planejado, nós treinadores sempre procuramos mudar a sua rotina de treino na hora certa para evitar que você pare de evoluir. Sabemos que o efeito platô é um dos maiores inimigos dos praticantes de atividade física, perdendo apenas para lesões e se você quiser pode contar com nossa ajuda para não cair nesse erro comum!”

3 – Não ter rotina para treinar

Se você é daquelas pessoas que nunca sabem quando vão treinar, que dia da semana vai ter disponível, horários sempre incertos, saiba que isso é MUITO prejudicial para os seus resultados. Muitas pessoas não conseguem se organizar e acabam treinando muitas vezes em uma semana, já na seguinte treinam pouco e essa falta de organização e constância não favorecem a evolução do seu corpo e os resultados não aparecem ou, até aparecem, mas poderiam ser muito melhores…

Nós sugerimos que você organize os seus momentos para treinar na semana, se possível também seus horários. E, caso você tenha muita dificuldade, saiba que os nossos treinadores também podem fazer isso pra você. Eu vou deixar nosso contato caso você queira saber como nós podemos te ajudar! Clique aqui para falar conosco no whats ou chame no número 11 99774-4602.

A professora Lira Bueno dá uma dica sobre essa questão:

“Um treino estruturado onde o aluno mantém uma rotina diária tem muito mais chances de dar certo, pois o aluno se concentra em treinar de forma prática e constante, evitando que o aluno desanime com a falta de organização. O compromisso com a rotina é o que gera os resultados.”

4 – Achar que não tem tempo para se exercitar

Sabemos que nos dias de hoje tempo é um artigo raro! A sociedade exige demais da gente, exige que estejamos sempre lindas, que eduquemos nossos filhos muito bem, que sejamos bem-sucedidas no trabalho, que estejamos sempre aprendendo, que cuidemos do nosso relacionamento e além disso, não podemos nos esquecer de dormir 8 horas por dia!!

Dito isso eu entendo bem que você pense e ache que não tem tempo para se exercitar. Mas eu quero te mostrar que isso não é verdade e que esse pouco tempo investido em se exercitar vai retornar muito mais tempo para a sua vida, literalmente.

Se você pensa que pra ter resultados com exercícios, emagrecer de vez ou ganhar músculos você vai precisar viver pra isso, esta muito enganada(o). A ciência do treinamento avançou muito e hoje em dia é possível alcançar excelentes resultados treinando a partir de 3 vezes por semana, em sessões curtas de exercícios que durem de 20 a 40 minutos.

Além disso, aqui no Exercício em Casa, nós desenvolvemos métodos super eficientes de se exercitar em casa… Como o nosso nome já diz! Isso, por sí só, já vai te economizar o tempo de transporte para uma academia, o tempo de trocar de roupa, se arrumar e etc… Um tempo que, muitas vezes, é maior que dos exercícios que você faz, não é mesmo?

Outro dado muito interessante é que, ao escolher dedicar esses minutinhos da sua semana para treinar, você vai ganhar de volta esse tempo em…longevidade. Sim, quem se exercita vive mais e vive melhor! Eu não vou nem entrar aqui em alguns dos diversos estudos que relacionam a prática de exercícios diários a uma maior expectativa de vida e também a diminuição de ocorrência de doênças graves. Essas informações você já tem conhecimento ou pode buscar no google facilmente. A minha intenção é te chamar a atenção para o fato de que, ao dedicar esses mínimos 60 minutos de exercícios por semana, você vai ganhar eles de volta para a sua vida em longevidade e qualidade de vida.

5 – Não escolher os exercícios certos para você

Se você esta começando agora a se exercitar ou então nunca teve muito esse costume uma dúvida muito comum é: Que tipo de exercício devo fazer? Será que devo começar a correr no parque ou entrar numa academia? Ou será que posso imitar os vídeos de exercícios que eu ví no youtube?

A primeira coisa que quero te dizer é que acreditamos que começar a se exercitar, por sí só, é uma coisa incrível! Independente do tipo de exercício que você comece a fazer! Agora, dito isso, vamos combinar, você não é obrigado a gostar de correr, ou de academia ou mesmo dos exercícios que viu na internet… E tem mais, será que esses exercícios são os mais eficientes para você alcançar os seus objetivos?

Muita gente para de se exercitar por que começou a fazer academia e achou chato… Mas ai que eu sempre digo, existem diversos tipos de exercícios que são muito diferentes entre sí. Um passo importante para incluir com sucesso os exercícios na rotina é conseguir encontrar uma forma de se exercitar que você goste , desse jeito você vai ter muito mais disposição e disciplina para se manter treinando, concorda?

Esse também é um dos nossos trabalhos aqui no exercício em casa. Identificar o tipo de treinamento que será mais eficientes para os seus objetivos e que você possa gostar de faze-lo também. Não é todo mundo que consegue se manter motivada(o) fazendo uma coisa que não gosta e nós sabemos bem disso! Por isso preparamos um teste que você pode fazer que ajuda a identifica um tipo de treinamento que você goste. Acesse aqui para descobrir o seu treino ideal

6 – Você está treinando demais e perdendo músculos

Praticar exercícios demais, sem um planejamento adequado e sem descanso, pode resultar em perda de massa magra, pois quando perdemos peso, nosso corpo não faz distinção entre gordura e músculos e acaba queimando um pouco de tudo. Mas ai você pode até pensar: Poxa, por mim tudo bem, desde que eu emagreça! Infelizmente isso não funciona assim e vou agora te contar o por que!

Quando você emagrece perdendo mais e mais massa muscular, você vai diminuindo cada vez mais o seu metabolismo basal. Que é de forma simples, a quantidade de calorias que o seu corpo gasta em repouso. Isso quer dizer que você, para manter seu peso, vai ter que se exercitar cada vez mais para compensar essa perda de gasto calórico basal, ou então comer cada vez menos. Um ciclo terrível que acaba levando ao efeito sanfona e também a flacidez!

Por isso é importantíssimo que você se exercite de modo a emagrecer perdendo o máximo possível de gordura ( queimando o bacon mesmo!! ) e perdendo o mínimo de massa muscular. Aliás, o nosso objetivo quanto orientamos alguém é, se possível, fazer com que você perca gordura e ainda ganhe massa muscular. Esse é o jeito mais saudável de emagrecer e o que vai trazer resultados mais duradouros, realmente mudando o seu corpo de vez!

Conclusão

Ter uma agenda de treino ajuda você a superar obstáculos e inseguranças que aparecem na hora de treinar. Além disso, otimiza seu tempo e aumenta muito sua chance de conseguir resultados sólidos. É importante que você se planeje seu treino seja treinando por conta própria ou orientado por um profissional.

Não tenha medo, a não ser que você tenha alguma condição ou limitação de saúde, começar a treinar sozinho é MUITO bom e um jeito excelente de começar a se exercitar. Inclusive é assim que a maioria das pessoas começa! Mas, se você quer um atalho para alcançar resultados mais rápido e não ter de passar por algumas das dificuldades que citei acima, nós recomendamos que você conte com nossa ajuda ou a de um profissional para montar o seu planejamento de treino. Não tenho a mínima dúvida que você vai perceber em pouquíssimo tempo a diferença que o planejamento feito por alguém que entende vai fazer na sua vida e com os seus resultados! Bons treinos para você que vai começar ou voltar a se exercitar!

 

 

6 Erros que você comete ao se exercitar e não sabia

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>