Perdi 38 Quilos e Recuperei minha Autoestima – Depoimento de Carlos Eduardo

Eliminar 38 quilos e e reconstruir a autoestima? Tem como.

Você tem sentimentos de inferioridade e costuma se comparar às outras pessoas com frequência? Às vezes, você se olha no espelho e não gosta do que vê? Sofre com o possível julgamento das pessoas?

Eu quero falar com você sobre isso.

“Minha autoestima mudou e as cores do meu guarda-roupa também!”

É assim, com estes dizeres, que quero começar a te contar esta história. Prepare-se! Este relato é de abalar estruturas! Se você já brigou com o espelho ou está na batalha para emagrecer eu te peço: leia até a última palavra deste artigo. Qualquer pessoa com uma meta na vida, tem algo a aprender com o Carlos Eduardo, um jovem de apenas 16 anos, e a sua incrível trajetória que deixou para trás (pasmem!) 38 quilos.

A IMPORTÂNCIA DA AUTOESTIMA

Gostar de si mesmo, acreditar no seu potencial e se respeitar são elementos básicos da definição de autoestima. Talvez as palavras não tenham força suficiente para expressar o seu impacto na vida das pessoas: seja positivo ou negativo. Quem já teve dificuldades com este tema, sabe como pode ser devastador.

Acredite: a autoestima é um dos principais recursos do ser humano para viver bem. Basicamente, ela determina a maneira como as pessoas se relacionam com o mundo, encaram os desafios da rotina diária e se protegem ou se expõem em situações que exigem controle emocional. Melhorar a autoestima requer um mergulho profundo dentro de si mesmo. Está muito além de questões relacionadas à aparência.

Fazer uma avaliação do próprio comportamento e convicções, questioná-los e descartar aquilo que não traz harmonia para a vida é o primeiro passo para deixar a sua autoestima preservada. Pense nisso. Tire um tempo para refletir.

Carlos Eduardo dá um show de maturidade em um período da vida que tende a ser tão tumultuado como é a adolescência. Nesta fase da vida, em que estamos construindo a identidade, aprender a gostar de si mesmo é um porto seguro e um legado para toda a vida!

RELAÇÃO COM O CORPO

“Atualmente a minha relação com meu corpo é ótima, mas se eu falar que foi sempre assim é mentira! Eu sempre estava acima do peso e desde pequeno me xingavam na escola.”

Ser julgado pelo corpo. Confesso que esse tipo de situação faz um nó se formar na minha garganta. Eu trabalho com fitness há muito tempo e se tem algo que eu trato como prioridade é a saúde. Depois a felicidade. Uma pessoa saudável e feliz pode habitar corpos de várias formas. Não tem um modelo.

Eu tenho as minhas metas em relação ao meu corpo e minha saúde e sou bem exigente comigo. Quem me acompanha nas redes sociais, sabe. Isso não significa que eu considere que o ideal que eu busco serve para todos, ou tente impor qualquer tipo de padrão.

Por que estou falando disso? Veja só quanto sofrimento podemos causar quando julgamos o outro. Incentivar hábitos saudáveis, sim. Rotular e estigmatizar as pessoas não, nunca.

OPORTUNIDADE DE MUDANÇA

“Decidimos mudar de casa e fomos para uma casa mais longe, um bairro mais distante da escola, então precisei ir para a escola a pé. Comecei a tomar gosto fazendo caminhada. Fazia os 3 quilômetros pela manhã indo para a escola e depois fui praticando a tarde também, fazendo uma progressão até chegar aos 8 quilômetros de caminhada.”

O seu radar está ligado para esse tipo de oportunidade? Olha só como um evento aleatório ganhou força e iniciou uma revolução na vida do Carlos! Essas chances estão a nossa volta o tempo inteiro. Precisam ser abraçadas por nós. Sempre tem uma opção mais saudável de almoço, sempre dá para descer uma estação antes e fazer uma caminhada. Sempre dá para apertar o play e fazer uma aula do Exercício em Casa!

E tem mais. Você sabia que a mudança de um hábito, geralmente, provoca a mudança de outros comportamentos também? Se este assunto te interessa, clique aqui e saiba mais sobre este tema. O exemplo do Carlos é ótimo! Quando começou com as caminhadas, sentiu-se motivado a melhorar a sua alimentação, no melhor esquema uma coisa puxa a outra! No começo, ele cometeu alguns equívocos, que hoje, mais informado, não faria. Comia pouco e ficava um intervalo de tempo muito grande sem comer.

Com o tempo, foi buscando informações sobre o tema e criou uma noção mais adequada sobre alimentação saudável. Fiquei muito feliz em saber que o Blog do EC ajudou Carlos a cultivar bons hábitos alimentares. É verdade, além de muitas dicas, tem um acervo grande de receitas saudáveis, você sabia? Se quiser conferir, clique aqui.

RESULTADOS TREINANDO EM CASA

Logo o corpo do Carlos se habituou às caminhadas e ele achou necessário acrescentar mais atividade física à sua rotina! A motivação e a urgência eram gigantes! Pesquisando na busca do Google: exercícios para fazer em casa ele descobriu o site do EC e começou a praticar Aerohiit com a Lira Bueno.

De acordo com Carlos, foi a melhor coisa que ele fez na vida! Ele ficou encantado pelas professoras. Passamos a fazer parte da sua vida. Com a sua dedicação e os cuidados com a alimentação, Carlos começou a ver resultados nas primeiras semanas!

Primeiro notou diferença nos braços, que foram afinando. Depois as pernas foram perdendo aquela gordura localizada na parte interna das coxas e a cintura que estava mais fina a cada semana!

“Conheci o EC há 1 ano e meio, na época pesava 95 kg”

ABANDONANDO O SEDENTARISMO

Carlos, antes, não tinha basicamente nenhuma limitação. Claro que o excesso de peso o deixava mais cansado e a preguiça às vezes se tornava um obstáculo – afinal quem nunca?  Com o tempo e os resultados aparecendo, foi cada dia mais fácil aderir aos exercícios e torna-los parte da rotina.

Da época em que era sedentário, predominava o que era mais cômodo e confortável. Carlos Eduardo não queria sair de sua zona de conforto! Escolhia atalhos e comodidades. Qualquer coisa que fizesse teria de ser aquilo que cansasse menos e levasse menos tempo. Os exercícios eram inexistentes em seu dia a dia. Até na escola, ele não gostava de fazer na escola Educação Física. Sentia-se desmotivado e essa falta de ânimo o deixava ocioso, formando um círculo vicioso daqueles bem perversos.

Muitas vezes, é na dificuldade que encontramos a força que nos leva à mudança! As caminhadas de Carlos, que a princípio foram consequência de uma mudança alheia à sua vontade, mostraram que havia uma possibilidade diferente. E isso poderia mudar os rumos da sua vida.

“Quando alguém fala que eu não consigo fazer alguma coisa ou que eu mesmo diga que não consigo, eu procuro motivar-me a fazer aquilo dar certo.”

Quando percebeu os diversos benefícios de fazer atividade física, não conseguiu parar mais! Ao ver a transformação acontecendo em seu corpo e a qualidade de vida mudar, decidiu que nunca mais queria ter a vida sedentária de antes e decidiu se juntar a família Exercício em casa.

Se ele pensou em desistir? Nunca! Sabe aquele círculo vicioso? Então, se inverteu e transformou-se em um círculo virtuoso! Carlos não passa um dia sequer sem pensar nos benefícios que já obteve e em como a sua saúde será melhor no futuro com a prática regular de atividade física.

“Eu também pratiquei muita aula de Yoga com o professor Renan. É algo relaxante que te faz não pensar em nada, é uma coisa maravilhosa!!”

E fica a dica!!! Aulas de Yoga fazem mesmo muito bem. Sou suspeita para falar… To contigo, Carlos! Cem por cento adepta! E para você que está lendo e ficou curiosa(o), que tal experimentar? Dá uma espiada no Programa Namastê, com o Renan. Saiba mais.

O QUE É BOM A GENTE INDICA

E não é que de sedentário, o Carlos acabou se tornando um garoto-propaganda do EC! Juro que isso é algo espontâneo! rs

“Faço muita, muita, muita divulgação do EC, eu sou uma pessoa que gosta de espalhar coisas boas e motivar mais pessoas. Fiz uma corrente no whatsapp e ficava enviando os desafios pras minhas amigas e falava pra todo mundo treinar com vocês.”

Quem tem generosidade no coração é assim! Agradecemos, Carlos! Hoje em dia, seu foco é manter os resultados e a saúde que conquistou. Além de estar bem mais magro, com os braços mais enxutos, pernas mais firmes e ter perdido muita gordura abdominal, a sua disposição é outra!

Sua relação com o EC é puro amor. Ele segue todos os professores nas redes sociais e adora acompanhar os resultados e depoimentos dos alunos. Sua autoestima passou por uma verdadeira transformação. Hoje sente-se bem consigo e capaz de atingir qualquer objetivo. Além disso, não se deixa mais afetar pelo julgamento das pessoas… A superação deixa um legado tão importante na vida das pessoas!

VIDA NOVA

“Minha autoestima é outra. Psicologicamente falando, mudou muito! Eu só usava preto, só ficava na minha, nunca chegava em ninguém, era bem chato isso”… “Agora minha vida é bem mais ativa, conheci muita gente nova, uma nova rotina. Pequenas coisas que fizeram total diferença: tenho mais amigos, mudei meu jeito de agir, porque estou com a autoestima elevada.”

Hoje, já mais magro, Carlos treina no MuscleUp®, que é o nosso programa de treino voltado para quem quer ganhar massa magra e desenhar o contorno do corpo. Ele pretende continuar se cuidando, mas não tem o desejo de ficar “trincado”, apenas mais firme e saudável, sempre.

“Minha qualidade de vida foi de 1 para 100%! Agora eu ando muito mais a pé e não fico dependendo de Taxi. É maravilhoso isso!”.

E como se não fosse suficiente:

“Notei uma grande diferença no meu guarda-roupa, minhas roupas de sair eram basicamente todas pretas! Fui fazer compras e percebi que agora tenho cores de roupas que eu nunca usava, verde, branco, colorido, achava que essas cores marcavam muito minha barriga Pode parecer bobeira, mas pra mim é muito importante. E agora ver de volta as cores no meu guarda-roupa é incrível!!”

Não, não é bobeira! Claro que o Carlos e ninguém tem de se privar de usar cores, estilos de roupas, tipo de tecido ou acessórios independente de quanto mede ou pesa. Mas o fato é que ele não se sentia bem.

Mesmo que racionalmente, todos nós sejamos capazes de entender que os padrões de beleza não devem determinar nossas escolhas e decisões, muitas vezes, mesmo que de forma inconsciente, sofremos com essa influência. Quem está fora dos padrões, principalmente se estiver com questões relacionadas a baixa autoestima, pode se sentir excluído e este é um sentimento bem doloroso. E, verdade seja dita, todos nós de alguma forma, em algum aspecto de nossas vidas estamos fora do ideal, não é?

Carlos, conta que perdeu 38 quilos nesse processo e os amigos ficaram impactados com as mudanças, e diziam:

“Meus Deus!! Como você está magro!! como você conseguiu?!”

Carlos simplesmente adorava ver pessoas que não encontrava há muito tempo, só para ver como reagiam! Foi importante para ele ter apoio da mãe, de sua irmã e de outras amigas.

“Ninguém pode falar que eu não posso fazer alguma coisa por mim, porque, eu posso sim fazer qualquer coisa que eu queira. Eu tenho sim estrutura suficiente, eu tenho autoestima sim, eu posso “chegar em alguém sim”, não preciso fingir mais nada. Eu posso ser feliz!!”

Sim, Carlos. Você pode. E compartilhando sua história está encorajando mais pessoas a buscarem em seus caminhos mais amor próprio e coragem para ser feliz!

Depois desse banho de inspiração, só digo uma coisa: nos vemos no treino! 🙂

*Carlos teve a autorização da mãe para fazer os exercícios e prestar seu depoimento.

 

Perdi 38 Quilos e Recuperei minha Autoestima – Depoimento de Carlos Eduardo

Você pode usar HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>